Unificação

Unificação

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Escola Oficina mãos unidas - Reciclagem de Eletro-Eletrônicos em Alto Paraíso

Mais um projeto posto em pratica, com total sucesso e aceitação!
Rumo a Uma Nova Visão!



             Projeto Escola Oficina Mãos Unidas

Introdução 

A Escola Oficina mãos unidas tem como objetivo, dar oportunidade aos interessados  no aprendizado de reparos de equipamentos elétricos, mecânicos, eletrônicos domésticos, e a introdução de conceitos e  concentização de processos de reciclagem, reduzindo os resíduos nos aterros sanitários e construindo um amanhã diferente.
É comum nos actuais dias, um grande desperdício de diversos tipos de  materiais informáticos, ditos “lixo”. Esses mesmos materiais podem ser reaproveitados em diversas áreas, inclusive no ensino como fonte de aprendizagem e construção de vários projectos, assim como a robótica, automação, entre outros.
Tais materiais têm a vantagem de poderem ser adquiridos de forma gratuita, ou a um custo muito reduzido nomeadamente  nas próprias instituições de ensino, onde poderia haver um sistema de recolha implantado, em que esse material seria devidamente separado por peças consoante a sua categoria.

Reciclagem
(Lixo Tecnológico)

A reciclagem desempenha um papel fundamental nos nossos dias, são inúmeras as razões que levam este conceito não a uma opção mas sim a uma “obrigatoriedade”.
Com o aumento populacional, a poluição e o espaço reduzido, estamos hoje em busca de meios para resgatar o que se perde (reservas naturais, flora e fauna). Na natureza tudo se aproveita. Animais e vegetais que morrem servem de alimentação para outros animais. As modificações feitas pelo homem, com objectos da natureza, são descartadas e se transformam em lixo. 
O lixo gerado pela explosão tecnológica, com o advento dos computadores, é um
contrapeso que a evolução do acesso a informação e comunicação, trazem para a sociedade como um grande prejuízo à natureza. Nestes tempos modernos, tanto a poluição por proliferação de e-mail’s indesejados, quanto a grande quantidade de páginas sem conteúdo confinável, ainda possui como agravante as sucatas dos equipamentos, que ficam obsoletos, com uma velocidade cada vez mais alarmante. E para acrescentar mais problemas ao dia a dia, ainda existe uma voraz actualização de equipamentos que utilizam processadores, com um radical e exponencial avanço tecnológico, que acabam provocando situações absurdas como uma simples  aquisição de um bem, o simples fato de retirá-lo da loja ou começar a utilizar, já o deixa obsoleto, deixando o mesmo ultrapassado e pronto a ser lançado ao lixo, ou exportado a países mais pobres, para ser utilizado ou servir para reciclagem. 

Existem variadas maneiras, de reciclagem e reaproveitamento de toda esta “sucata” tecnológica, passando pela reciclagem directa de seus componentes e extraindo diversos materiais como o plástico, metais, borracha entre outros, assim como o reaproveitamento para fins didáticos, artesanato etc.









Objetivo Geral 
Oportunizar jovens se interessar no aprendizado de reparos de equipamentos elétricos, mecânicos, eletrônicos domésticos.
Redução de resíduos nos aterros sanitários.
Possibilitar a criação de cursos extracurriculares e de especialização (Web Design, Robótica, Programação etc.) , sendo seus recursos destinados em percentual para pagamento do formador e beneficio da escola oficina. 
Objetivo Específico

Garantia de direitos e oportunidades
Para nossa juventude, encontradas somente nos grandes centros urbanos, na formação de mão de obra técnica  especializada. 
JUSTIFICATIVA

Tendo em vista as dificuldades encontradas nos Municípios com menos de 10.000 hb e distantes a mais de 100 km. de Municípios de maiores portes não possibilitam igualdades de oportunidades para jovens, restringindo apenas algumas profissões tais como : de ajudante açougueiro a açougueiro, idem aos padeiros, pedreiros, pintores, jardineiros etc. Como não existem outros ramos técnicos, como oficinas de mecânica, funilaria, eletrônica, refrigeração e outras, não oferecendo oportunidades de conhecimentos técnicos  a jovens com outras habilidades, levando-s a ociosidade e desvios de padrões de comportamentos sociais exigidos pela nossa sociedade tanto a níveis de consumo como de cobranças sociais.-
Professores técnicos administraram aulas teóricas e práticas de eletricidade básica, eletrônica e eletrotécnica, turmas de alunos em media de 10, inicialmente duas ou três turmas para um período experimental de 10 meses.

Doações de aparelhos elétricos/eletrônicos usados, com ou sem defeitos serão utilizados nas aulas práticas.
Aparelhos economicamente desinteressantes nos seus consertos serão desmanchados, as peças em boas condições serão codificadas, estocadas para utilização posterior, as inaproveitadas serão novamente reclassificadas armazenadas e vendidas para depósitos de reciclagem no DF. Captando recursos financeiros para custeio da oficina escola.
Os aparelhos cujos consertos sejam bem sucedidos serão vendidos a preços populares, sendo essa arrecadação financeira também destinada para a manutenção do custeio da oficina escola.

A escola/oficina, também será um ponto de recebimento de materiais a serem reciclados, tais como:

  • Baterias elétricas em geral
  • Vidros em geral
  • Latinhas de alumínio
  • Garrafa Peti
  • Sacolas Plásticas
  • Cobres e metais
  • Etc.

Escute a entrevista dada para a Radio Local, com a explicação do projeto.


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário